Elas dão um ar moderno e jovial ao rosto e, bem democráticas, fazem a cabeça de adolescentes, jovens e, porque não, senhoras. Afinal, foi-se o tempo em que se achava que franjinhas combinavam somente com crianças. Quando adaptadas a formatos de rosto, tipos de cabelo e comprimento dos fios, deixam o look bem bacana e valorizam o olhar. Porém, quando essas características não são observadas,
podem provocar estragos no visual, e aí não há tesoura que dê jeito. 

Para ler o conteúdo na íntegra, compre a edição do mês de março em uma das unidades Coop.