De acordo com Marta Borges, gerente de compras - mercearia / perecíveis, entre as novidades previstas está a simplificação do nome, que passa a ser apenas Coop, modernização da identidade visual e da logomarca, com novas embalagens, desenvolvidas pela empresa EBA Design. “Após realizarmos uma pesquisa sobre a marca própria e a percepção da logomarca junto aos nossos cooperados, constatamos que temos muito espaço para crescer no mercado, haja vista que existe grande confiança por parte deles em nossos produtos”, explica.

Não se pode esquecer que a marca própria, quando bem aceita no mercado, é uma excelente alternativa do consumidor durante suas compras. “Além da ótima qualidade, os preços da linha Coop são de 10 a 20% menores que as marcas líderes”, completa Eder Fernandes, gerenciador de marcas próprias da Cooperativa

Somente no autosserviço, as marcas Coop, Delícias da Coop e Marcas Exclusivas representam hoje 4,4% das vendas da Cooperativa. “Se considerarmos somente as 67 categorias onde a marca própria está presente, a participação sobe para 20,4%”, explica Marta Borges. Entre as categorias de maior participação estão sorvetes, ovos de aves, papel higiênico, temperos industrializados e pães industrializados, que representam juntas 42,7%.

A fim de elevar a participação geral de 4,4% para 10% no faturamento total, a Coop vem implantando desde o ano passado uma série de alterações estruturais, que vão da contratação de profissionais experts no assunto até a internalização da prospecção, desenvolvimento e controle de qualidade.

Desde 2014, uma gestora de qualidade garante as condições de fabricação dos produtos de marca própria, por meio de testes sensoriais, no caso de alimentos e bebidas, e pesquisa de performance quando se trata de produtos de higiene, limpeza e bazar. Além de fazer auditorias frequentes nos fornecedores para garantir a pontuação adequada da qualidade, a gestora tem total autonomia para substituir a empresa que não atender a todas as exigências da Cooperativa.

Marca própria não é sinônimo de produto com baixa qualidade, pelo contrário, é a confiabilidade do nosso nome que está em jogo. Um cooperado satisfeito e bem atendido, é fidelização certa”, ressalta a gerente de compras, Marta Borges.

NOTíCIA 27/05/2015 16:03

Dia dos namorados

NOTíCIA 18/04/2016 14:28

COOP REPASSA R$ 153,4 MIL PARA FEDERAÇÃO DAS APAEs

Com o término do primeiro trimestre deste ano, a Coop – Cooperativa de Consumo repassará o valor de R$ 153.362,54 para a Federação das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais do Estado de São Paulo, referente a dois projetos sociais, que juntos já proporcionaram o repasse de R$ 1.253,4 milhão.