COOP INVESTE R$ 11 MILHÕES NA AMPLIAÇÃO DO SEU CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO

 Para acompanhar o crescimento de sua rede, a Coop – Cooperativa de Consumo finalizou a ampliação do seu CD - Centro de Distribuição, com um investimento de R$ 11 milhões. Essa ampliação foi necessária porque a Cooperativa praticamente triplicou de tamanho nos últimos 13 anos e já faltava espaço para o armazenamento dos produtos.

Instalado no bairro de Utinga, em Santo André, o CD finalizou a primeira parte do projeto de reforma e ampliação em maio, após seis meses, garantindo maior agilidade, produtividade, capacidade e segurança no recebimento, armazenamento e distribuição de produtos, segundo destaca Gustavo Ramos, gerente de Logística.

Além de unir os dois armazéns existentes na área, as operações pelo sistema de abastecimento cross-docking foram intensificadas em quase 70% com a ampliação da área de 1.512 m² para 2.275 m². Do fluxo mensal de 500 toneladas de produtos enviadas às unidades, passarão pelo sistema até setembro próximo nada menos que 870 mil quilos por mês.

As operações via cross-docking possibilitam inúmeros ganhos, pois por esse sistema de recebimento e expedição cruzados, as cargas fazem uma passagem rápida pelo Centro de Distribuição, sem necessidade de armazenamento prolongado. Geralmente são produtos de baixo e médio giros - esmaltes, doces em compota, molho de pimenta -, adquiridos pela Coop num único pedido com base na previsão do consumo global das unidades. 

Assim que são descarregadas no CD, as cargas de cada produto são separadas, aglutinadas em lotes e transportadas às unidades em apenas um caminhão. Além disso, as mercadorias que ficariam estocadas por uma semana, por exemplo, não demoram mais do que 24 horas para chegarem às prateleiras das lojas, liberando mais espaço no CD. Ao receber produtos de diversos fornecedores num único veículo, as unidades da rede deixam de registrar acúmulo de caminhões de pequeno porte em suas áreas de recebimento, evitando assim comprometimentos no trânsito local das comunidades onde atuam. 

“Outro benefício é a diminuição do custo de frete, já que os fornecedores centralizam a entrega num único local, ou seja, no CD, e não em cada uma das unidades da Cooperativa. Esse sistema garante agilidade no abastecimento das lojas, o que ajuda a minimizar as chamadas rupturas de gôndolas (falta de produto) e a expedição dessas mercadorias ficou mais ágil devido ao aumento do número de portas de seis para 17. Todas elas equipadas com niveladores de docas embutidas, um facilitador importante e seguro para carga e descarga de mercadorias”, acrescenta Robson Aquino Mendonça.

Outro trabalho realizado no Centro de Distribuição foi na ampliação da área de câmaras frias, que permitirá à Cooperativa centralizar a compra de mais produtos perecíveis, distribuindo às unidades conforme a demanda solicitada. Sem contar ainda o reforço na segurança, com adaptação de canais de monitoramento e sistemas de controle de gestão de estoques. Tudo para minimizar ao máximo os índices de perdas.

Com o término das obras de reforma e ampliação, o CD voltou a operar com 80% de sua capacidade, percentual considerado ideal para absorver as altas de pico de vendas do varejo e compatível com a expansão das lojas. Além disso, a estrutura tem condições de crescer ainda mais, tanto que a segunda etapa do projeto contempla a elevação do pé de direito da estrutura de 6 para 12 metros de altura. 

Sobre a Coop: Criada em 1954 por 292 funcionários da Rhodia, a Coop é considerada a maior cooperativa de consumo da América Latina e possui atualmente mais de 1,5 milhão de cooperados. Conta com unidades de distribuição no ABC Paulista, em São José dos Campos, em Sorocaba, em Tatuí, em Piracicaba e em São Vicente. 

Na região do ABC, a Cooperativa detém 24% de share e no ranking 2009 da ABRAS (Associação Brasileira de Supermercados) ocupa o 12º lugar em fornecimento bruto. A Cooperativa encerrou 2009 com um crescimento nominal de 13%, no conceito todas as lojas, e o faturamento bruto foi de R$ 1,362 bilhão. Para 2010, a previsão é crescer 17,2% (no conceito mesmas lojas) e fechar o ano com fornecimento de R$ 1,603 bilhão.

A Coop também possui o cartão Private Label Coop Fácil, em parceria com o Banco Bradesco, e mantém convênios com cerca de 500 empresas, por meio do Coop Fácil Alimentação e Coop Fácil Drogaria, beneficiando cerca de 10 mil pessoas que adquirem medicamentos e produtos alimentícios com condições especiais.

 

MP & Rossi Comunicações

Marli Popolin

NOTíCIA 13/06/2011 17:10

Coop de são vicente amplia mix de eletro/eletrônicos para elevar participação no mercado

Coop de são vicente amplia mix de eletro/eletrônicos para elevar participação no mercado

NOTíCIA 18/04/2016 14:28

COOP REPASSA R$ 153,4 MIL PARA FEDERAÇÃO DAS APAEs

Com o término do primeiro trimestre deste ano, a Coop – Cooperativa de Consumo repassará o valor de R$ 153.362,54 para a Federação das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais do Estado de São Paulo, referente a dois projetos sociais, que juntos já proporcionaram o repasse de R$ 1.253,4 milhão.