Uso de sacolas retornáveis será incentivado

A Coop – Cooperativa de Consumo aderiu ao termo de cooperação da APAS – Associação Paulista de Supermercados, em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente e Governo do Estado de São Paulo, que tem como slogan “Vamos tirar o planeta do sufoco”. As três grandes redes do mercado nacional também já aderiram ao termo.

 

Com esta adesão, a partir do dia 25 de janeiro do próximo ano a Coop deixará de fornecer gratuitamente sacolas plásticas descartáveis na sua rede. Esta ação será válida para toda a rede Coop, com exceção da unidade localizada em Tatuí, cuja cidade ainda não foi impactada pela campanha.

 

“Continuaremos intensificando o uso de sacolas retornáveis e quando a ação entrar em vigor, haverá a opção do cooperado adquirir a sacola biodegradável compostável, ao custo de R$ 0,19 a unidade. Vale ressaltar que a sacola biodegradável compostável também gera resíduo. Por isso, a conscientização das pessoas em buscar novas opções para acondicionar suas compras é fundamental”, explica Luciana Benteo, responsável pelo Planeta Coop – núcleo socioambiental da Cooperativa.

 

Mensalmente, São Paulo descarta 664 milhões de sacolas, representando oito bilhões de sacolas descartáveis por ano ou 30 mil toneladas.

 

Perfil da Coop: Possui atualmente 29 unidades de distribuição, localizadas no ABC, São José dos Campos, Sorocaba, Piracicaba, Tatuí e São Vicente e mais de 1,5 milhão de cooperados. Fechou 2010 com faturamento bruto de R$ 1,522 bilhão e registrou sobras (lucro) no valor de R$ 8,426 milhões, retornadas aos seus cooperados de forma proporcional às suas aquisições. No ranking da ABRAS (Associação Brasileira de Supermercados) figura na 13ª posição.

 

Informações à Imprensa
MP & Rossi Comunicações
 

NOTíCIA 16/12/2011 16:03

COOP FAZ PROMOÇÃO DE VINHOS E ESPUMANTES

Incremento no fornecimento deverá ser de 7%

NOTíCIA 18/04/2016 14:28

COOP REPASSA R$ 153,4 MIL PARA FEDERAÇÃO DAS APAEs

Com o término do primeiro trimestre deste ano, a Coop – Cooperativa de Consumo repassará o valor de R$ 153.362,54 para a Federação das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais do Estado de São Paulo, referente a dois projetos sociais, que juntos já proporcionaram o repasse de R$ 1.253,4 milhão.